Fogaça perde para Pont metade do horário na TV

A juíza da propaganda eleitoral Cleuza de Azevedo julgou procedente hoje uma representação da Frente Popular, que disputa a Prefeitura de Porto Alegre (RS) com Raul Pont (PT), contra José Fogaça (PPS). Ela determinou a perda de 50% do tempo de televisão de Fogaça nos programas eleitorais gratuitos das 13 horas - que já foi cumprido - e das 20h30,no último dia da propaganda gratuita.A coligação de Pont argumentou o uso indevido do jingle de Fogaça no horário dos candidatos a vereador, nos dias 17, 19, 21 e 26 de agosto e ingressou com a representação no dia 26 de setembro. O Tribunal Regional Eleitoral informou que a juíza baseou sua decisão no parágrafo 8º do artigo 30 da resolução 21.610, que veda a inclusão de propaganda majoritária no horário destinado à proporcional.O tempo original de Fogaça era de 2min52. Pont lidera as pesquisas de intenção de voto em Porto Alegre, que indicam a disputa de um segundo turno contra Fogaça. Na sondagem mais recente do Ibope, divulgada segunda-feira (27), Pont recebeu 34%, Fogaça, 20%, e Onix Lorenzoni (PFL), 10%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.