Fogaça obtém direito de resposta no horário de Pont

A juíza Cleuza Azevedo, da 158ª zona eleitoral de Porto Alegre (RS), concedeu dois minutos de direito de resposta ao candidato à prefeitura da capital gaúcha José Fogaça (PPS) no horário eleitoral gratuito de seu adversário, Raul Pont (PT). Fogaça usou um minuto na propaganda desta terça e o tempo restante irá ao ar no programa eleitoral que começa às 13h30 de quarta-feira. No pedido de resposta, a assessoria jurídica de Fogaça argumentou que Pont utilizou uma declaração sua fora de contexto, sobre a situação financeira do Estado após a administração Olívio Dutra (PT).Nesta quarta-feira, os dois candidatos voltarão a se encontrar em debate. Eles irão participar de reunião-almoço na Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul (Federasul). Enquanto intensificam o confronto direto, também continuam reforçando as campanhas com a presença de líderes nacionais.Fogaça contará com o apoio de líderes do PFL, que viajam a Porto Alegre para um ato com o candidato. Devem participar o presidente nacional do partido, Jorge Bornhausen, os senadores Marco Maciel e José Agripino e o líder do PFL na Câmara, José Carlos Aleluia.Pont terá o reforço do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em sua propaganda eleitoral. O candidato deve viajar nos próximos dias para gravar uma participação com o presidente, a exemplo do que ocorreu no penúltimo programa exibido no primeiro turno da eleição municipal. A campanha de Pont também aguarda a confirmação da presença da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, em uma caminhada com o candidato na próxima sexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.