Fleury vai a hotel mas não vê Itamar

O deputado federal e ex-governador Luiz Antônio Fleury Filho (PTB-SP) esteve no hotel Ca?D?Oro, em São Paulo, para visitar o governador de Minas Gerais, Itamar Franco, que se recupera de uma cirurgia ocorrida na última segunda-feira, para retirada da vesícula. No entanto, o deputado não foi autorizado a subir ao apartamento porque, segundo foi informado, o governador se encontra em repouso sob o efeito de sedativos. Pela manhã, no entanto, Itamar esteve por mais de uma hora o ex-governador de São Paulo e atual presidente do PMDB-SP, Orestes Quércia. Em entrevista à imprensa, Fleury defendeu uma dobradinha de Itamar com ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PPS) em uma chapa para presidência. "Seria chapa com chance excepcional de vitória, mas é muito difícil que isso aconteça. De qualquer maneira, eu acredito que, se não for viável no primeiro turno, no segundo turno será uma união natural", disse. O deputado não definiu quem encabeçaria a chapa. "O Ciro poderia ser presidente, ou vice-versa." Fleury preferiu não comentar a disputa interna pela presidência do PMDB, protagonizada pelo deputado federal Michel Temer e Itamar Franco. O secretário de governo de Itamar, Henrique Hargreaves, informou que o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, telefonou duas vezes para saber da saúde do chefe do executoivo mineiro. No entanto, segundo Hargreaves, Ciro não deverá visitar Itamar em São Paulo. Para amanhã, está sendo esperada a visita do presidente licenciado do PT, José Dirceu (PT-SP).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.