Fiscais naufragam e somem na costa do Pará

Um agente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e um funcionário da Secretaria de Meio Ambiente da prefeitura de Augusto Corrêa, município do nordeste paraense, estão desaparecidos desde a tarde de terça-feira, após naufrágio da lancha em que ambos viajavam na companhia de dois policiais militares. Os quatro fiscalizavam a captura do caranguejo-uçá, espécie que se encontra em período de defeso, quando a lancha naufragou antes de alcançar a ilha Coroa Comprida, destino do grupo. Os dois policiais militares conseguiram sobreviver, mas o cabo da PM Luis Fernando e o funcionário do Ibama José Laurentino de Freitas foram arrastados pela correnteza. A dupla não sabia nadar, segundo informou um dos sobreviventes. O Corpo de Bombeiros deslocou de Belém um grupo de mergulhadores para tentar localizar os desaparecidos. Mas, até o final da tarde desta quinta-feira eles não haviam sido encontrados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.