Fiscais agropecuários podem retomar greve na 2ª feira

Continuam travadas as negociações entre governo e fiscais agropecuários federais para reajuste salarial da categoria. A assessoria de imprensa da Associação Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa) informou que o grupo de negociação que representa a categoria aguardou, durante toda a quinta-feira, uma contraproposta do Ministério do Planejamento para reajuste salarial, mas não houve conversações entre as partes. A posição da Anffa é a de cumprir as determinações da resolução número 1, que determina "trégua" da greve até dia 29. Ou seja, sem acordo, os fiscais podem reiniciar a greve na segunda-feira. Os fiscais são responsáveis pela inspeção de alimentos nas indústrias e pela emissão dos certificados de exportação e importação nos portos e aeroportos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.