Filiação de Marcelinho Carioca fortalece PT, diz Falcão

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, afirmou nesta quarta-feira, 2, que a filiação do ex-jogador Marcelinho Carioca, celebrada na Câmara dos Deputados, em Brasília, "fortalece" a sigla em nível "estadual e nacional". Com vistas nas eleições proporcionais do ano que vem, Falcão classificou de "importante" a adesão de Marcelinho e lembrou que ele é uma figura popular.

RICARDO DELLA COLETTA, Agência Estado

02 de outubro de 2013 | 14h13

No início da tarde, Marcelinho Carioca, que disputou, sem sucesso, uma vaga na Câmara de Vereadores em São Paulo pelo PSB em 2012, formalizou sua filiação ao PT, em cerimônia que contou com a presença do possíveç candidato petista ao governo de São Paulo, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Marcelinho deverá disputar uma vaga para deputado estadual em São Paulo.

Josué

O presidente nacional do PT também comemorou a adesão do empresário Josué Gomes da Silva ao PMDB. Filho de José Alencar (1931-2011), vice-presidente nos oito anos do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, Josué oficializou nesta terça-feira, 1º, sua entrada no principal partido da base aliada. Especula-se que ele poderá compor uma possível chapa encabeçada pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Fernando Pimentel, ao governo de Minas Gerais ou, ainda, disputar uma vaga no Senado. "É uma liderança que vai para o nosso campo de aliança", comentou Rui Falcão, acrescentando que o ex-vice-presidente José Alencar "sempre caminhou" do lado dos petistas no governo.

Tudo o que sabemos sobre:
Marcelinho CariocaPTRui Falcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.