LUÍS MACEDO/CAMARA DOS DEPUTADOS
LUÍS MACEDO/CAMARA DOS DEPUTADOS

Filhos de políticos compõem nova Mesa Diretora da Câmara

Três dos 11 integrantes do colegiado chegaram à Casa com a ajuda dos pais; cúpula foi eleita nesta quinta-feira, 2, e comandará os trabalhos pelos próximos dois anos

Isadora Peron e Julia Lindner, O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2017 | 05h00

BRASÍLIA - A Mesa Diretora da Câmara vai ser formada por deputados jovens e que têm o DNA da política, a começar pelo presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), herdeiro político do vereador e ex-prefeito do Rio César Maia. A nova cúpula foi eleita nesta quinta-feira, 2, e comandará os trabalhos da Casa pelos próximos dois anos.

Três dos 11 integrantes da Mesa têm menos de 30 anos e chegaram à Câmara com a ajuda dos pais, políticos tradicionais em seus Estados. É o caso de André Fufuca (PP-MA), de 27 anos, eleito segundo-vice-presidente; Mariana Carvalho (PSDB-RO), de 30 anos, escolhida para a Segunda-Secretaria; e JHC (PSB-AL), de 29 anos, alçado a Terceiro-Secretário. Todos estão no primeiro mandato de deputado.

O segundo-vice-presidente da Casa é filho do ex-deputado Fufuca Dantas (PMDB), que foi eleito ano passado prefeito de Alto Alegre do Pindaré, no interior do Maranhão. Conhecido como “Fufuquinha”, é considerado um dos principais aliados do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), atualmente preso na Operação Lava Jato.

O deputado integrou o Conselho de Ética e votou contra o parecer para cassar o peemedebista. 

Mariana, por sua vez, é filha de Aparício Carvalho, que foi vereador de Porto Velho, deputado federal e vice-governador de Rondônia. Ela enfrentou a cúpula tucana na Câmara para concorrer ao cargo da Mesa Diretora e fez com que a bancada retirasse o nome do deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP) da disputa. 

Já JHC é filho do ex-deputado federal João Caldas. O patriarca da família teve seu nome envolvido na Máfia dos Sanguessugas, que atuava no desvio de dinheiro público destinado à compra de ambulâncias. Nas eleições do ano passado, JHC foi candidato à prefeitura de Maceió, mas terminou a disputa em terceiro lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.