Filho de Maluf não faz nenhuma declaração

Flávio Maluf, filho do ex-prefeito Paulo Maluf (PPB), deixou o Ministério Público de São Paulo pouco antes das 11 horas de hoje, depois de encerrar o seu depoimento no qual manteve a mesma estratégia seguida por seus irmãos e sua mãe, na semana passada. Ele respondeu com um "nada a declarar" a todas perguntas dos promotores que investigam o Caso da Ilha de Jersey, suposta existência de fundos financeiros dos quais Maluf e seus familiares seriam beneficiários no paraíso fiscal do Canal da Mancha.Flávio não teve direito ao privilégio concedido aos seus familiares, na semana passada. Por determinação da direção do Ministério Público Estadual ele foi proibido de estacionar seu carro na garagem do prédio. O privilégio também não será concedido ao ex-prefeito, que depõe a partir das 14 horas de hoje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.