Filho de Lula ganha cargo em São Bernardo

Marcos Cláudio será diretor do Departamento de Turismo, com salário de R$ 5.700

Joaquim Alessi, SÃO BERNARDO DO CAMPO, O Estadao de S.Paulo

17 de janeiro de 2009 | 00h00

Mesmo frustrado na tentativa de se eleger vereador pelo PT de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, já que teve a candidatura indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Marcos Cláudio Lula da Silva, filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não vai ficar de fora do poder municipal: ele assume amanhã a cadeira de diretor do Departamento de Turismo e Eventos da prefeitura.Marcos foi nomeado pelo prefeito Luiz Marinho (PT), ex-ministro do Trabalho e da Previdência e velho amigo do presidente. Ele foi o candidato que mais apoio recebeu de Lula nas eleições do ano passado.A nomeação, publicada na edição online de sexta-feira do Diário Oficial Notícias do Município, contradiz o discurso inicial de Marinho, de que escolheria os integrantes do primeiro e segundo escalões com base na capacidade técnica: o filho do presidente é formado em psicologia. A única relação com o assunto de interesse de sua pasta é uma empresa que mantém em sociedade com o irmão Fábio Luís, voltada, segundo ele, para segmentos como "eventos, turismo e tecnologia da informação".Aos 37 anos, Marcos, filho do primeiro casamento da primeira-dama Marisa Letícia, depois adotado por Lula, receberá pelo trabalho como diretor R$ 5.700 mensais. Um dos projetos que pretende desenvolver é o da recuperação da Represa Billings, que, diz ele, "tem grande potencial turístico".Não se trata de uma novidade. Trabalho nessa direção vem sendo desenvolvido há alguns anos em parceria com o governo japonês, que já aplicou R$ 1,8 milhão no estudo do projeto de despoluição do manancial.Marcos também fala em "reforçar o turismo" na cidade. Uma das principais atrações de São Bernardo, a Cidade das Crianças, está com os portões fechados, apesar de ter sido reformada no ano passado e de ter sido reinaugurada pelo ex-prefeito William Dib (PSB). Marinho quer fazer uma auditoria nos contratos da reforma antes de reabrir o equipamento.LURIANA única filha de Lula, a jornalista Lurian Cordeiro, também começou o ano com um cargo público. Ela afastou-se do PT para assumir a pasta de Desenvolvimento Social da Prefeitura de São José, município de Santa Catarina. O prefeito da cidade, Djalma Berger (PSB), disse que Lurian "achou por bem" se licenciar para não causar "constrangimento" ao partido, que não fez parte da sua coligação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.