Filho de Dirceu afirma que continuará negociando verbas

Alvo das críticas dos partidos de oposição, José Carlos Becker, filho do ministro da Casa Civil, José Dirceu, afirmou hoje que não vai parar com o trabalho de negociar politicamente a liberação de recursos para municípiosparanaenses. A atuação de Becker, conhecido como Zeca Dirceu, nesse processo de liberação de verbas junto ao governo setornou mais um ponto de ataque dos partidos de oposição para pressionar pela abertura da CPI do Waldomiro e para pedir asaída de Dirceu do governo.Hoje, Becker confirmou que não vê nada de irregular nessa atuação e em entrevista à rádio Inconfidência, de Umuarama,explicou que até pretende ampliar seu trabalho, por considerar que é legítimo e ?um direito de sua região?. Ele é pré-candidato àprefeitura de Cruzeiro do Oeste, onde também preside o PT local. Ele negociou junto ao governo a liberação política de pelomenos R$ 607 mil em recursos federais em obras na sua região de atuação.?Reivindiquei e continuarei reivindicando. Tenho legitimidade para isso. Tenho uma atuação política desde os 16 anos deidade. Não tenho privilégio ou tráfico de influência. Vou a Brasília também como ia em governos anteriores. O trabalho que façoé honesto, legítimo, para atender aos interesses da população carente. Faço tranqüilo e com serenidade?, disse, na entrevista àrádio. ?Tenho um histórico de dez anos de conduta política e movimento estudantil combatendo a corrupção. Quando um prefeito me leva e me mostra a carência, não consigo ficar indiferente. Eu me engajo nessa luta e vou continuardefendendo pessoas carentes?, reforçou, avaliando que a oposição pretende usá-lo para atingir diretamente o presidente LuizInácio Lula da Silva e forçar a demissão de seu pai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.