Filha e genro de Serra prestam depoimento na sede da PF em SP

Verônica Serra e Alexandre Bourgeois tiveram seus sigilos fiscais vazados pela Receita

Bruno Tavares, de O Estado de S.Paulo,

15 de setembro de 2010 | 11h18

SÃO PAULO - Verônica Serra e o marido Alexandre Bourgeois, filha e genro do presidenciável tucano José Serra, prestaram depoimento nesta quarta-feira, 15, no prédio-sede da Polícia Federal (PF) em São Paulo, no bairro da Lapa, Zona Oeste. Vítima da violação de seus sigilos fiscais, o casal chegou às 11 horas para depor ao delegado Hugo Uruguai Lobato. O advogado deles, Sérgio Rosenthal, acompanhou a oitiva, que durou cerca de 1h20.

 

Veja também:

https://politica.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gifPF investiga falso selo usado em procuração

https://politica.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gifReceita protegerá 'pessoas politicamente expostas'

https://politica.estadao.com.br/estadao/novo/img/icones/mais_azul.gifContador aponta novo envolvido

 

A PF investiga a quebra de sigilo fiscal de parentes do candidato do PSDB à Presidência e de quatro tucanos, entre eles o vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge. As violações foram realizadas a partir de um computador na agência da Receita Federal de Mauá, no Grande ABC, em outubro de 2009. O contador Atella Ferreira, apontado como o autor da procuração usada para acessar as declarações de renda de Verônica, é ex-filiado do PT.

 

Atualizado às 12h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.