Filha do ministro da Pesca sofre sequestro relâmpago em Brasília

Deborah Crivella, de 30 anos, estava parada em seu carro quando foi abordada por um homem armado

O Estado de S. Paulo

23 de agosto de 2012 | 09h32

SÃO PAULO - Uma das filhas do ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, foi vítima de um sequestro relâmpago na tarde de quarta-feira, 22, em Brasília.

 

De acordo com o jornal Correio Braziliense, Deborah Cristine Crivella, de 30 anos, estava parada dentro de seu Hyundai ix35 quando foi abordada por um homem armado na 408 Sul, região comercial.

 

Obrigada a dirigir até Ceilândia pela BR-070, cidade-satélite de Brasília, Deborah aproveitou-se de um descuido do criminoso e conseguiu escapar. Parou o veículo e fugiu com a bolsa, de acordo com o jornal. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) do Distrito Federal.

 

A assessoria de imprensa do ministro Crivella informou que ele não irá se manifestar por enquanto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.