Filha de FHC deixa gabinete de Heráclito no Senado

Filha do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, a secretária parlamentar do senador Heráclito Fortes (DEM-PI), Luciana Cardoso, pediu demissão ontem. Ela ocupava cargo de confiança desde abril de 2003, com salário de R$ 7,6 mil. Em sua carta a Heráclito, ela alega desconforto com a notícia de que não dava expediente no Congresso. Em seu cargo atual, ela trabalhava em sua própria casa, cuidando de assuntos pessoais do senador. ?Sempre me mantive retraída, cuidando de fazer meu trabalho nas condições usuais e sem alarde.?

AE, Agencia Estado

28 de abril de 2009 | 08h06

Ao justificar a decisão de se demitir, ela diz que é ?para evitar constrangimentos? a Heráclito, primeiro-secretário da Casa. ?Sou testemunha de seus esforços para aprimorar a administração do Senado e, por isso mesmo, não quero que pairem dúvidas sobre seus propósitos nem sobre minha conduta?, escreveu em carta ao senador. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
SenadoHeráclitoFHCfilha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.