André Dusek|Estadão
André Dusek|Estadão

Filha de 9 anos de Maia dá bronca em pai após ele suspender sessão para cassar Cunha

Pelo WhatsApp, criança critica o presidente da Câmara e ainda manda #ForaCunha

Igor Gadelha, O Estado de S. Paulo

12 de setembro de 2016 | 20h15

Brasília – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), levou uma bronca de sua filha de 9 anos de idade por ter suspendido a sessão de votação do pedido de cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMBD-RJ) na noite desta segunda-feira, 12. 

Por WhatsApp, a filha  mandou mensagem ao pai dizendo que não gostou de ele ter suspendido a sessão por uma hora, até que o quórum de cerca de 400 deputados presentes em plenário seja alcançado. Na mensagem, ela ainda escreveu “#ForaCunha”. 

Segundo parlamentares que conversaram com Maia, ele pretende retomar a sessão assim que o quórum na Casa chegar próximo de 400 deputados. Entre os adversários de Cunha, já há a percepção de que dá para prosseguir a votação com 380 parlamentares no plenário. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.