FHC visita usina sob forte esquema de segurança

O presidente Fernando Henrique Cardoso já se encontra na Usina Hidrelétrica Machadinho, no Rio Uruguai, na divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina. Centenas de manifestantes do Movimento dos Atingidos por Barragens, contrários a construção da usina, permanecem a mais de dois quilometros do local, onde foi montado um forte esquema de segurança. A visita de Fernando Henrique estava marcada inicialmente para julho, mas foi cancelada, na época, porque os manifestantes ocuparam o canteiro de obras. Tropas do Exército estão no local e a Polícia Militar montou barreiras nas vias de acesso. Um dos coordenadores do movimento, Sidenir Gavin, disse que a manifestação será pacífica. Fernando Henrique deve permanecer menos de uma hora na usina. A hidrelétrica ainda não está concluída, e a primeira turbina só deverá funcionar a partir de janeiro. As demais turbinas serão instaladas até julho de 2002. A capacidade prevista de geração de energia é de 1.140 MW, o suficiente para abastecer três cidades do porte de Florianópolis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.