FHC viaja de volta para o Brasil

Um passeio turístico pela Cidade do Cabo, na África do Sul, encerrou a viagem de volta ao mundo em 10 dias feita pelo presidente Fernando Henrique Cardoso, que passou por cinco países. O presidente e a primeira-dama, Ruth Cardoso, acompanhados por cerca de 40 assessores, passearam pela Beach Road - a orla marítima da cidade - e visitaram o museu do vinho Groot Constanti. Eles encerraram a visita com um almoço em um dos mais tradicionais restaurantes da cidade. O vento forte na cidade obrigou o presidente a desistir do passeio ao mirante Table Mountain, onde pegaria um teleférico para apreciar a vista completa da cidade. Fernando Henrique e parte de sua comitiva ficaram hospedados no luxuoso e centenário hotel Mount Nelson, que pertence à mesma rede do Copacabana Palace e cuja diária mais barata é de US$ 330, cerca de R$ 670.Cinco aviões estão retornando ao Brasil com a comitiva brasileira à bordo. O Airbus da TAM, fretado pela Presidência, dois Boeings 737, um Boeing 707, o Sucatão, que fazia os deslocamentos do presidente, e um Hercules. O avião da TAM, que na vinda trouxe 102 passageiros, incluídos os 30 jornalistas que cobriram a viagem do presidente, volta com pelo menos mais 50 passageiros. O presidente chega à Brasília às 19h30, após oito horas de viagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.