FHC vai à missa por Vilmar Faria

O presidente Fernando Henrique Cardoso acompanhou, nesta quinta-feira, na Catedral de Brasília, a missa de sétimo dia pela morte do chefe da Assessoria Especial da Presidência, Vilmar Faria.Ainda abalado pela morte do colaborador, ele permaneceu ao lado da primeira-dama, Ruth Cardoso, e da viúva, Regina.Oito ministros e o governador de Goiás, Marconi Perillo, compareceram à catedral no fim da tarde. Fernando Henrique não falou à imprensa.Durante a missa, limitou-se a cumprimentar a viúva Regina, que chorou diversas vezes. Ao final, foi o primeiro a deixar uma mensagem aos familiares de Faria num livro de condolências.A missa foi rezada pelo padre José Carlos Brandi Aleixo. Ele elogiou a trajetória profissional do chefe da Assessoria Especial e disse que a filha de Regina e Vilmar não pôde comparecer por estar grávida, no último mês de gestação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.