FHC traça plano de ação do último ano de governo

O presidente Fernando Henrique Cardoso reúne-se nesta quarta-feira com os ministros para traçar o plano de ação de seu último ano de governo. A prioridade é a aprovação pelo Congresso da prorrogação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). A cobrança deste tributo termina no dia 17 de junho deste ano. A proposta já aprovada pela comissão especial da Câmara que examina a emenda constitucional da CPMF prorroga a CPMF até o dia 31 de dezembro de 2003.A emenda é vital para o equilïbrio das contas do governo. Sem a CPMF, a perda prevista é e R$ 380 milhões por semana. Outro tema da reunião é a crise no setor de segurança pública e as medidas a serem adotadas pelo governo para apressar a votação dos projetos de combate à criminalidade e à violência pelo Congresso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.