FHC tem urgência de projetos sociais

De volta ao Brasil depois de uma viagem de dez dias à Ásia, o presidente Fernando Henrique Cardoso determinou a auxiliares que encontrem soluções rápidas para garantir o início da aplicação de projetos sociais que entraram na agenda do governo de 2001. A primeira providência do presidente foi definir uma reserva de R$ 3 bilhões do FGTS que ele quer para investir nas áreas de saneamento e habitação.O presidente elegeu também outra prioridade e deve anunciar, em breve, o novo projeto do governo voltado ao combate à pobreza nas regiões metropolitanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.