FHC se diz chocado com atentado em Jerusalém

O presidente Fernando Henrique Cardoso disse hoje ao rabino Henry Sobel, em audiência no Palácio da Alvorada, que ficou chocado com o atentado ocorrido ontem em um restaurante, em Jerusalém, que matou cerca de 15 pessoas. O presidente disse que espera que o conflito entre judeus e palestinos seja resolvido de forma pacífica. A audiência, segundo Sobel, foi tratar do ano judeu, que será comemorado em setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.