FHC se diz cansado dos erros do governo Lula

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso vê com perplexidade o escândalo e acontecimentos envolvendo o caseiro Francenildo Costa. "Vejo (a situação) como todo brasileiro, com perplexidade; acho que não há outra resposta", disse no lançamento do seu livro The Accidental President of Brazil, em uma livraria de Nova York. Dizendo-se cansado dos erros do governo Lula, Fernando Henrique lamentou a violação do sigilo bancário do caseiro. "Uma injustiça e um crime. É uma pessoa simples, que fez o seu depoimento e virou vítima", disse. Para o ex-presidente, a violação do sigilo de Francenildo rata-se de uma circunstância "sem sentido, que mostra uma certa desorganização das forças políticas brasileiras".Ele não quis comentar o envolvimento do ministro da Fazenda, Antonio Palocci, que, segundo o caseiro, freqüentava em Brasília a mansão alugada por ex-assessores do ministro, onde seriam realizados negócios ilícitos e festas.Serra e AlckminFernando Henrique voltou a defender o prefeito de São Paulo, José Serra, como candidato do PSDB ao governo de Estado e disse que a eleição presidencial vai se concentrar numa disputa entre o candidato tucano, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo ele, Alckmin, "até certo ponto", é o oposto de Lula. "Se o Brasil estiver cansado do estilo do governo de Lula tem essa excelente opção. Eu já estou cansado, mas não sei se todos estão", disse.

Agencia Estado,

26 de março de 2006 | 21h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.