FHC se diz cansado dos erros do governo Lula

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso vê com perplexidade o escândalo e acontecimentos envolvendo o caseiro Francenildo Costa. "Vejo (a situação) como todo brasileiro, com perplexidade; acho que não há outra resposta", disse no lançamento do seu livro The Accidental President of Brazil, em uma livraria de Nova York. Dizendo-se cansado dos erros do governo Lula, Fernando Henrique lamentou a violação do sigilo bancário do caseiro. "Uma injustiça e um crime. É uma pessoa simples, que fez o seu depoimento e virou vítima", disse. Para o ex-presidente, a violação do sigilo de Francenildo rata-se de uma circunstância "sem sentido, que mostra uma certa desorganização das forças políticas brasileiras".Ele não quis comentar o envolvimento do ministro da Fazenda, Antonio Palocci, que, segundo o caseiro, freqüentava em Brasília a mansão alugada por ex-assessores do ministro, onde seriam realizados negócios ilícitos e festas.Serra e AlckminFernando Henrique voltou a defender o prefeito de São Paulo, José Serra, como candidato do PSDB ao governo de Estado e disse que a eleição presidencial vai se concentrar numa disputa entre o candidato tucano, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo ele, Alckmin, "até certo ponto", é o oposto de Lula. "Se o Brasil estiver cansado do estilo do governo de Lula tem essa excelente opção. Eu já estou cansado, mas não sei se todos estão", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.