FHC retorna a Brasília amanhã às 11h40

O presidente Fernando Henrique Cardoso embarca amanhã para Brasília depois de passar quatro dias no Refúgio Ecológico Caiman, no município de Miranda (MS), a 236 quilômetros de Campo Grande, onde passou o Natal com dona Ruth, os filhos Beatriz e Paulo Henrique e quatro netos. Disposto a descansar e a manter-se longe da polêmica envolvendo a crise argentina, Fernando Henrique evitou falar com jornalistas e aproveitou para fazer passeios com a família pelo hotel fazenda ou arredores da propriedade do empresário Roberto Klabin. Somente ao desembarcar na Base Aérea de Campo Grande, o presidente deu entrevista sobre os problemas enfrentados pelo governo argentino e sobre a votação da proposta orçamentária no Congresso. Hoje, ao ser informado sobre a tragédia no Rio de Janeiro por causa das fortes chuvas, ele determinou que o ministro da Integração Nacional, Ney Suassuna, se deslocasse para o Estado para que acompanhasse de perto o resgate das vítimas da enchente. Nesta quarta-feira, o embarque do presidente está previsto para ocorrer às 11h40, horário de Brasília, na Base Aérea de Campo Grande, cujo o acesso estará liberado para jornalistas. A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto não soube dizer, no entanto, se o presidente daria entrevista. No sábado, primeiro dia de passeio, Fernando Henrique quis mostrar aos netos e aos filhos os ninhos de araras azuis e chegou alimentar jacarés num local chamado Ponto do Paizinho, no hotel fazenda Caiman, que tem 53 mil hectares. No dia seguinte, passeou pelo Aquidauna, um dos principais rios de Mato Grosso do Sul, e fez um safari pela fazenda nos chamados Zebrões, caminhões com carroceria coberta e bancos nas laterais. Hoje, o presidente foi ao Retiro São Domingos, aonde participou de um passeio fluvial no rio Aquidauana e seus afluentes. A convite de Roberto Klabin, o presidente e seus familiares ficaram na sede da fazenda, criada em 1987. É a segunda vez neste ano que o presidente fica hospedado no Refúgio Ecológico Caiman.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.