FHC retoma reforma tributária - até março

O presidente Fernando Henrique Cardoso deu nesta quarta-feira o primeiro passo efetivo para a retomada da discussão da reforma tributária. Em reunião no Palácio da Alvorada, ele determinou à equipe econômica que conclua até março os estudos necessários para a base da nova proposta que o governo vai submeter a negociações com o Congresso e o setor privado. A expectativa é construir um texto de consenso ainda no primeiro semestre deste ano, e a reforma deverá ser mesmo fatiada. O governo avaliará que temas poderão ser tratados em legislação infra-constitucional para acelerar sua aprovação. O líder do governo na Câmara, deputado Arnaldo Madeira, ao deixar o encontro, disse que o governo está trabalhando para retomar o tema daqui a algum tempo: "Evidentemente, não dá para ser tratado agora num momento em que o Congresso está em fase de sucessão", afirmou Madeira. "Vamos votar, por partes, o que estiver mais adiantado".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.