FHC: privatização vai continuar

O presidente Fernando Henrique Cardoso vai prosseguir com o programa de privatização do governo, independente de quem for eleito presidente da Câmara. A informação foi transmitida pelo secretário geral da Presidência, Aloysio Nunes Ferreira, através de sua assessoria. Hoje, tanto o candidato do PSDB, deputado Aécio Neves, como o do PFL, Inocêncio Oliveira, criticaram o atual programa de privatização. É a seguinte a declaração de Aloysio Nunes Ferreira: "O presidente da República vai prosseguir com o programa de privatização que integra o conjunto de reformas do Estado brasileiro, apoiado pela maioria absoluta dos eleitores, mesmo contra a vontade do próximo presidente da Câmara dos Deputados, seja ele quem for."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.