FHC pede explicações a Petrobras sobre gasolina

Durante entrevista na capital argentina, indagado sobre o aumento do preço da gasolina, o presidente Fernando Henrique Cardoso disse que o mercado de petróleo no Brasil é livre e, portanto, não cabe a ele se antecipar quanto às mudanças nos preços dos combustíveis. "Mas peço, sim, que haja explicações", disse FHC. Ele disse que se o preço sobe ou cai, isso não diz respeito ao governo, mas afirmou que quer ser informado. Sobre os panelaço argentinos, FHC afirmou que as situações nos dois países são distintas. Ele lembrou que depois da crise energética e do atentado terrorista em Nova York, "o Brasil, que iria crescer 4,5% no ano passado, acabou crescendo somente 2%". "Mas as expectativas para este ano são muito promissoras", afirmou, concluindo: "Espero que os panelaços não cheguem nem para mim nem para o próximo presidente".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.