FHC pede calma ao PSDB para escolha de candidato

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou hoje uma suposta precipitação do governo em torno da campanha eleitoral e defendeu que o PSDB não tome uma decisão apressada na definição do candidato à Presidência da República entre os governadores de São Paulo, José Serra e de Minas, Aécio Neves. Para ele, a escolha do melhor candidato virá em um tempo "oportuno".

RAQUEL MASSOTE, Agencia Estado

23 Outubro 2009 | 21h33

Fernando Henrique esteve hoje em Belo Horizonte para uma palestra no encerramento de uma convenção de contabilidade, mas não se encontrou com Aécio.

Ao ser questionado sobre a pesquisa realizada pelo Ibope que teria irritado o governador mineiro, com os nomes de Serra e Aécio na mesma chapa, Fernando Henrique disse que não havia visto os resultados. "Me disseram que na pesquisa os dois juntos, em qualquer posição, aumentam o potencial de votos. Isso é bom porque mostra que a população confia em dois importantes governadores do PSDB, mas não quer dizer que se deva decidir agora quem seria o candidato."

Mais conteúdo sobre:
ELEIÇÕES 2010PSDBPESQUISAFHC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.