FHC não tratou de privatização em palestra, diz PSDB

O PSDB divulgou no início da noite de hoje nota à imprensa em que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) nega que tenha discorrido sobre a privatização de empresas brasileiras em palestra proferida em Foz do Iguaçu, no domingo. De acordo com o tucano, o evento tratou-se apenas de uma palestra na qual o ex-presidente disse estar confiante no futuro do Brasil. "Aliás, como disse lá, ganhe quem ganhar", afirmou.

AE, Agência Estado

19 de outubro de 2010 | 20h33

Na tarde de ontem, o blog da jornalista Hildegard Angel divulgou o conteúdo de um e-mail, recebido pela profissional, o qual informava que o tucano teria assumido o compromisso, em palestra para 150 investidores estrangeiros, de privatizar empresas brasileiras. De acordo com o e-mail, o acordo com os empresários envolveria a instalação de uma base militar norte-americana no Brasil.

Na nota, o ex-presidente confirmou a realização de uma palestra em Foz do Iguaçu. O encontro, no entanto, teria sido realizado com "um grupo de jovens investidores de São Paulo". "Havia mais de cem pessoas presentes e os temas discutidos nada tinham a ver, obviamente, com as infâmias propaladas", alegou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.