FHC mantém viagens, apesar da guerra

O presidente Fernando Henrique Cardoso decidiu manter sua agenda de viagens internacionais a despeito do agravamento do cenário político mundial.Apesar do forte contra-ataque americano ao Afeganistão no final de semana, que traz a expectativa de resposta dos radicais islâmicos, o político tucano confirmou sua ida à assembléia-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York, no mês de novembro.?Ele não está com receio de nada e não há possibilidade de essa viagem ser desmarcada?, disse nesta segunda-feira um assessor direto do presidente. Os deslocamentos internacionais começam já no final deste mês.No dia 26, o presidente desembarca na Espanha onde deverá ser recebido pelo rei Juan Carlos e proferir palestras. Ele fica em território espanhol até o dia 28 e, de lá, segue para a França, onde fica até o dia 31.Fernando Henrique vai encontrar-se com o presidente, Jacques Chirac, e o primeiro-ministro, Lionel Jospin. Nos dias 10 e 11 de novembro, o presidente brasileiro estará em Nova York. Antes, deve passar pelo Equador e pelo Chile.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.