FHC lança fundo para o ensino superior

Em cerimônia de lançamento do edital do Fundo Setorial de Infra-Estrutura (que contém regras para obtenção de recursos para moderanização de universidades públicas e demais instituições de pesquisas), realizada nesta segunda-feira no Palácio do Planalto, o presidente Fernando Henrique Cardoso disse que não se pode olhar a educação no curto prazo e que é preciso investir nela."Infelizmente, no caso brasileiro, trabalhamos com muitas restrições", observou o presidente. "No começo, foi a desordem inflacionária, depois as restrições dos ziguezagues da política internacional. E, não obstante, pusemos de pé o Estado brasileiro", acrescentou o presidente."Fizemos as opções pelo ensino público e o conseguimos, a despeito de todas as dificuldades - sem falar nas dificuldades menores que andam aqui por perto, mas falando das que são mais objetivas e atingem toda a sociedade -, conseguimos efetivamente criar condições para políticas inovadoras. Começamos a ter recursos para alcançar o progresso científico", disse Fernando Henrique.O presidente chegou por volta das 16h10 ao Planalto do Planalto, e a cerimônia, marcada para as 16 horas, só começou às 16h30.Dela participaram os ministros da Educação, Paulo Renato Souza, e da Ciência e Tecnologia, Ronaldo Sardenberg. A maior parte dos reitores das universidades federais não compareceu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.