FHC lança amanhã o vale-comida em substituição à cesta básica

O presidente Fernando Henrique Cardoso vai lançar amanhã, em Petrolina, Pernambuco, e Araripe, no Ceará, o Vale-Comida, que vai substituir as cestas básicas para combater os efeitos da seca no Nordeste. Em seu pronunciamento hoje, no programa semanal de rádio "Palavra do Presidente", Fernando Henrique disse que o Vale-Comida está sendo adotado em resposta às reclamações da população. "Os alimentos não chegavam a todas as famílias, ou chegavam com atraso", disse o presidente, acrescentando que agora, com o Vale-Comida, as agências dos Correios é que vão entregar o dinheiro às famílias. "Oitocentas mil familias vão receber uma quantia em dinheiro para comprar cestas, de acordo com suas necessidades", explicou o presidente. Fernando Henrique informou ainda que será lançado também amanhã, no Nordeste, o Programa Seguro-Safra, que vai beneficiar 1 milhão e 100 mil famílias. O programa consiste em oferecer um seguro de R$ 600, em seis meses, ao agricultor familiar que plantar milho, arroz, feijao e algodão, em áreas de até 10 hectares e que tenha perdido tudo com a seca. Fernando Henrique disse que ainda na sua visita ao Nordeste serão anunciados mais três programas para o semi-árido, nas áreas de abastecimento de água, previsões meteorológicas e de tecnologias desenvolvidas pela Embrapa. Essas medidas, segundo o presidente, não eliminam as já existentes, como a distribuição de água e a Bolsa-Renda para as famílias que vivem em municípios em estado de emergência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.