FHC irá ao Vaticano, à Argentina e à África do Sul

Depois de viajar à Europa no mês que vem, o presidente Fernando Henrique Cardoso vai, em julho, à Argentina e ao Equador. A seguir, em setembro, ele deverá visitar a África do Sul.De 16 a 18 de maio, Fernando Henrique participará em Madrid, na Espanha, do encontro de cúpula da União Européia, América Latina e Caribe. De lá, ele seguirá para a Itália e o Vaticano, onde acompanhará as cerimônias de canonização de madre Paulina, entre os dias 18 e 21 de maio.Em julho, o presidente já tem agendada uma ida à Argentina, nos dias 4 e 5, onde será realizada conferência de cúpula do Mercosul. Nos dias 26 e 27 de julho, ele estará no Equador, em encontro de presidentes de países da América do Sul.O próximo compromisso de Fernando Henrique já previsto no exterior é a Conferência Rio+10, na África do Sul, de 2 a 4 de setembro, que tratará de questões ambientais. O encontro dará continuidade à Conferência Eco-92, realizada no Rio, em 1992.Cada vez que o presidente deixar o País, ele deverá ser substituído pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Marco Aurélio Mello. Isso porque tanto o vice-presidente Marco Maciel (PFL) quanto os presidentes da Câmara, deputado Aécio Neves (PSDB-MG), e do Senado, Ramez Tebet (PMDB-MS), vão concorrer nas eleições de outubro e ficariam impedidos de disputar cargos eletivos caso assumissem interinamente a Presidência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.