FHC grava participação em programa do PSDB

O presidente Fernando Henrique Cardoso gravou, nesta manhã, sua participação no programa que o PSDB, seu partido, vai exibir em todas as emissoras de televisão do País, no próximo dia 19. Em dois minutos e meio, o presidente diz ao cidadão brasileiro como o partido tem colaborado com seu governo. "O tom do programa é partidário. Não é um programa do governo", explicou o secretário-geral do PSDB, deputado Márcio Fortes (RJ). Segundo ele, o presidente associa o partido às grandes iniciativas de seu governo. Para ilustrar seu raciocínio, Márcio Fortes conta que, em alguns trechos da gravação, o presidente usa a expressão "nós, do PSDB", referindo-se a seu governo. No programa do PSDB, o presidente não abordará os temas mais polêmicos do cenário político atual. Assuntos como moralidade e ética, por exemplo, serão abordados pelo presidente da Câmara, Aécio Neves, enquanto outros temas, como os relacionados à inclusão social, serão tratados pelos ministros da Saúde, José Serra, da Educação, Paulo Renato Souza, e das Comunicações, Pimenta da Veiga. O programa do dia 19, com 20 minutos de duração, será conduzido pelo apresentador de TV Gugu Liberato. O secretário-geral do partido preferiu não informar o valor do chachê pago ao apresentador, mas garantiu que não se trata do cachê de uma estrela. "É cachê de militante", assegurou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.