FHC garante que não será candidato

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou a afirmar que não quer ser candidato à sucessão do presidente Lula. Entrevistado no programa Dois a Um, do SBT, juntamente com a atriz Irene Ravache, FHC justificou que tal candidatura poderia inibir a ascensão de novos quadros. "Primeiro porque eu vou fazer 73 anos e eu acho que pra governar o Brasil precisa ter muita energia física", destacou Fernando Henrique. "Segundo, porque eu acho importante para o País que haja mudanças, que haja novas lideranças. Se eu quiser ser presidente eu começo a disputar com os meus companheiros de partido e começo a inibir outras pessoas. Não precisa."Ainda durante o programa de estréia de Mônica Waldovogel, Fernando Henrique disse que o Brasil está atravessando um momento de indefinição: "Eu acho que o Brasil neste momento está um pouco sem saber para que lado vai", ressaltou. "Há alguns que pensam que têm um projeto nacional e olham no retrovisor e querem repetir o que aconteceu lá no passado", referindo-se ao paralelo entre o Projeto Nacional e os planos de desenvolvimento dos anos 60 e 70. "A idéia de Projeto Nacional é que um conjunto de pessoas inteligentes produzem um programa e o Estado, eficaz, põe em marcha. E com autoritarismo."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.