FHC firma convênio de saneamento para o Sergipe

Durante cerimônia de assinatura de convênio na área de saneamento com o governo de Sergipe, o presidente Fernando Henrique afirmou que o Projeto Alvorada - novo nome do antigo projeto de Desenvolvimento Humano -14 (DH-14), criado para combater a miséria no País - é uma conseqüência natural do Plano Real. "Nós estabilizamos a economia para atacar os problemas sociais". O presidente reafirmou "que é mais fácil falar do que fazer". "O Brasil cansou da falação e quer ação. Neste momento, é essencial que cada brasileiro volte a ter esperança".Quando chegou à capital sergipana, Fernando Henrique foi recebido pelo governador Albano Franco (PSDB), pelo prefeito de Aracaju, Marcelo Déda (PT), e por mais de 60 prefeitos cujos municípios serão beneficiados pelo programa. O presidente esteve acompanhado dos ministros da Saúde, José Serra, da Integração Nacional, Fernando Bezerra, da Secretaria de Comunicação de Governo, Andrea Matarazzo, e do Desenvolvimento Agrário, Raul Jungmann, além da secretária nacional de Ação Social, Wanda Engel.O governador Albano Franco aproveitou a cerimônia para fazer um desagravo ao presidente contra críticas que lhe vêm sendo dirigidas ultimamente, enaltecendo suas qualidades "de estadista, homem ético, honrado e inatacável". "A história lhe fará justiça", afirmou o governador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.