FHC ficará em reserva amazônica até 3ªF

Dando um tempo nos debates sobre violência urbana e polêmicas partidárias, o presidente FernandoHenrique Cardoso viajou na tarde de ontem para a reserva de Mamirauá, no interior do Amazonas, onde deve passar o feriado do carnaval. A comitiva de 11 pessoas chegou às 11h30, sob forte chuva, e desembarcou do Boeing presidencial no Aeroporto de Tefé, a pouco mais de 500 quilômetros a oeste de Manaus. Dali, o grupo tomaria um barco para viagem de cinco horas até a reserva, que fica junto à confluência dos Rios Solimões e Japurá.Além da primeira-dama, Ruth Cardoso, estavam com opresidente os seus filhos Paulo Henrique e Luciana, quatro netos e um casal de amigos, o fazendeiro Jovelino Mineiro e sua mulherCarmem. Também viajou com o grupo a namorada de Paulo Henrique, Evangelina Seiler.Até terça-feira, dia em que deverá voltar a Brasília, o presidente ficará hospedado no Navio Raposo Tavares, da Marinha brasileira, ancorado na entrada da reserva. É a segunda vez que Fernando Henrique visita Mamirauá, criada para preservar as várzeas na confluência do Solimões com o Japurá. Na região, vivem cerca de 400 espécies de aves e 45 de mamíferos - entre os quais o raríssimo uacari branco, um pequeno macaco de 4 quilos que só se alimenta de frutos imaturos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.