FHC faz festa para inaugurar ponte Sérgio Motta

O presidente Fernando Henrique Cardoso, governadores e ministros participam nesta quarta-feira, no Mato Grosso, da inauguração da ponte Sérgio Motta, uma homenagem ao ex-ministro das Comunicações, falecido há quatro anos. Para os tucanos que se afastam do cargo no próximo dia 5 de abril para concorrer ou atuar nas eleições de outubro, como os governadores Dante de Oliveira (PSDB-MT) e Albano Franco (PSDB-SE), a cerimônia também servirá como despedida pública.O governo matogrossense convidou centenas de prefeitos e parlamentares da região, além de autoridades federais, para acompanhar a inauguração da ponte, que liga Cuiabá a Várzea Grande.A obra custou R$ 15 milhões aos cofres estaduais e faz parte de um conjunto de 54 pontes construídas no Estado, nos últimos dois anos, sob coordenação da empresa italiana Rivoli. Todo o empreendimento foi estimado em US$ 65 milhões e contou com um financiamento do Banco San Paolo, de Turim.O embaixador da Itália, Vicenzo Petrone, deverá prestigiar o evento. Outro convidado de honra é o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), que teve a trajetória política influenciada pelo ex-ministro Sérgio Motta.A comitiva presidencial contará com a participação dos ministros das Comunicações, Pimenta da Veiga, e dos Transportes, Alderico Lima. Fernando Henrique embarcará para Cuiabá da Base Aérea de Brasília às 15h20, com desembarque previsto para as 16h40 (15h40 no horário local) no aeroporto Várzea Grande. De lá seguirá de carro para o local da inauguração, distante 10 minutos.A ponte Sérgio Motta possui 312 metros de comprimento e 22 metros de largura e é toda sustentada por cabos ? a terceira no País neste modelo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.