FHC expressa preocupação com uso do Exército no Rio

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso expressou preocupação com relação ao uso do Exército para conter a violência no Rio de Janeiro. Em coletiva após evento sobre os 50 anos do Golpe Militar, realizado em São Paulo, o ex-presidente ressaltou que as Forças Armadas "não são treinadas para esse tipo de ação".

ANA FERNANDES, Agência Estado

25 de março de 2014 | 22h09

"O Rio de Janeiro outra vez recebe o envio de força federal. Isso é sempre perigoso", disse.

O ex-presidente, no entanto, disse que se existe, como agora no Rio, um alto risco de ações criminosas, "é claro que as Forças Armadas podem ser chamadas" para conter a violência em caráter emergencial.

Mais conteúdo sobre:
Brasilfhcrioexército

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.