FHC está satisfeito com defesa de Arruda

O líder do governo no Senado, senador José Roberto Arruda (PSDB-DF), disse hoje que não pretende, por enquanto, se desligar da liderança. "Eu me antecipei, fiz a minha defesa para o presidente Fernando Henrique Cardoso e ele ficou satisfeito com o que relatei", garantiu ao deixar o plenário. Depois da conversa com Fernando Henrique, Arruda teve um encontro de quase duas horas com o presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA). "O presidente Jader me motivou mais a ficar", disse Arruda.A sua idéia de permanecer na liderança foi reforçada, segundo ele, pelos apartes de apoio que os líderes de todos os partidos fizeram a seu pronunciamento.Pela manhã, o senador Arruda tinha manifestado ao presidente Fernando Henrique Cardoso a sua disposição de se afastar temporariamente do cargo, segundo o relato do líder do governo no Congresso, deputado Arthur Virgílio (PSDB-AM). Ele ficaria afastado da liderança, conforme Virgílio, até a conclusão das investigações sobre a violação do painel eletrônico de votações.Virgílio chegou a anunciar que Arruda teria dois substitutos: os senadores Moreira Mendes (PFL-RO) e Romero Jucá (PSDB-RR).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.