FHC escolhe jornalista para Comunicação da Presidência

O novo ministro-chefe de Comunicação da Presidência da República deve ser o jornalista José Abrão, secretário-executivo do Ministério da Reforma Agrária.Abrão, paulista, de 56 anos, substituirá Andréa Matarazzo, nomeado embaixador do Brasil em Roma. A escolha de Abrão, que ainda não respondeu ao convite, é do presidente Fernando Henrique Cardoso.Abrão tem experiência no ramo e bom trânsito no governo e entre os políticos. Militante do PSDB, é considerado um profissional sem arestas. Trabalhou durante 25 anos nas redes de televisão Globo, SBT e Bandeirantes. Nas duas últimas, como vice-presidente.Atuou na Secretaria de Comunicação, na gestão do ministro Sérgio Amaral - hoje ministro do Desenvolvimento -, na área de publicidade. Na época, ficou conhecido pela rigidez com que controlava os gastos.Matarazzo deixa a secretaria no fim do mês, quando seguirá para Roma, desgastado por suas preferências políticas. Na nova pasta, Abrão vai trabalhar com verba em torno de R$ 600 milhões e 80 funcionários. Na Esplanada, os recursos chegam a cerca de R$ 180 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.