FHC elogiou aprovação do Orçamento, diz Aécio

O presidente da Câmara, Aécio Neves, afirmou hoje que o presidente Fernando Henrique Cardoso ficou muito satisfeito com o fato de o Congresso ter feito a sua parte e aprovado, na madrugada de hoje, o Orçamento para 2002. "Isso deixa o Brasil numa situação confortável e evita contágios com as crises que existem em outros países", afirmou o presidente, segundo relato de Aécio. "Com isso, o Brasil passa ao largo da crise", afirmou o presidente da Câmara ao deixar o Palácio da Alvorada, onde foi desejar boas festas ao presidente Fernando Henrique. Bem à vontade, de roupa esporte, Aécio Neves contou ainda que o presidente informou que irá sancionar o projeto de lei, aprovado pela Câmara e Senado, que corrige em 17,5% a tabela de descontos do Imposto de Renda da Pessoa Física. Em relação ao salário mínimo, ele considerou que é ilusão querer aumentar o valor além do possível. "Não se pode ficar trabalhando com ilusões", disse Aécio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.