FHC elogia participação brasileira em Doha

Opresidente Fernando Henrique Cardoso elogiou na noite deste domingo a participação brasileira no encontro realizado nasemana passada em Doha, no Catar, promovido pela Organização Mundial do Comércio (OMC).?Alcançamos um acordo histórico em Doha. Quero expressar minha satisfação pelo acordo, que conseguiuconciliar posições tão antagônicas?, disse, após ser homenageado com o título de Doctor PhilosophiaeHonoris Causa da Universidade Hebraica de Jerusalém, em evento realizado em São Paulo.O presidente citou com satisfação o desempenho do ministro de Relações Exteriores, Celso Lafer, doministro da Saúde, José Serra, do ministro do Desenvolvimento, Industria e Comércio Exterior, SérgioAmaral, e do ministro da Agricultura, Marcus Vinicius Pratini de Moraes.?O ministro Celso Lafer foi chamadode padrinho e herói do acordo?, manifestou.FHC destacou também o fato de o encontro em Doha ter abertoespaço para o agendamento de novas rodadas de negociações no ambito da OMC, o que, para ele,representa o início da formação de uma nova ordem mundial.Ao receber a honraria, Fernando Henrique destacou a importância de prosseguirem as discussões para aformação do estado palestino democrático, contanto que não represente insegurança para Israel.?O Brasil apoiou a formação do Estado de Israel, e hoje defendemos a criação do estado palestino independente,declarou perante uma platéia composta majoritariamente por judeus.Em seu discurso, FHC apontou a similaridade entre os povos brasileiro, judeu e árabe. ?São Paulo podeser considerada uma das maiores cidades de Líbano, Síria e Israel, e sempre viveu e continuará vivendo empaz, com harmonia entre os povos?, afirmou, sob aplausos. Fernando Henrique voltou a defender em seus discurso a adoção do que chama de ética da solidariedadeentre os povos, e pediu para que as pessoas rezem para que a paz chegue a Israel, Palestina, India,Paquistão e principalmente no Afeganistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.