Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

FHC: É provável que partido saia unido no nome de Alckmin para Presidência

Em entrevista exclusiva, ex-presidente diz que é totalmente favorável à atual proposta de reforma da Previdência

Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

09 Dezembro 2017 | 12h25

Brasília – O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse que a convenção nacional do PSDB não discute a candidatura do partido à sucessão de Temer, mas que é "provável" que o partido saia do encontro unido em apoio ao governador paulista, Geraldo Alckmin, principal presidenciável tucano. Alckmin assume hoje o comando do diretório nacional.

Em entrevista exclusiva ao Broadcast, serviço de cobertura em tempo real do Grupo Estado, antes de entrar na convenção nacional do PSDB, FHC disse hoje que é totalmente favorável à reforma da Previdência proposta pelo governo Michel Temer. Ele sugeriu ajustes para corte de privilégios. O partido hesita em obrigar seus parlamentares a votar a favor da proposta.

"Sou totalmente favorável. Sempre pode acertar um ou outro ponto para cortar mais privilégios", disse o ex-presidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.