FHC e Bush discutiram Argentina e ONU

O presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou, ao sair da Casa Branca, que tratou no encontro com o presidente norte-americano George W. Bush da Argentina e de uma participação maior do Brasil na ONU. Fernando Henrique destacou que a conversa com Bush foi "franca, informal e com sinceridade".Segundo o presidente, tanto ele quanto Bush manifestaram "interesse em uma situação mais estável" na Argentina. Ele ressaltou, no entanto, que ambos consideram que cabe apenas à Argentina decidir sobre os rumos que tomará na área econômica. Segundo Fernando Henrique essa é uma decisão doméstica e nenhum país pode interferir nessas questões. O presidente afirmou também que o mercado financeiro internacional está distinguindo a situação econômica do Brasil da situação argentina.ONUFernando Henrique afirmou também que defendeu uma participação maior do Brasil no Conselho de Segurança da ONU. A declaração indica a retomada de um antigo pleito do Brasil de obter uma cadeira permanente no conselho. "O Brasil tem condições de participar desse organismo", afirmou o presidente.Fernando Henrique afirmou que chegou a reproduzir a Bush as opiniões que manifestou na recente viagem que fez à Europa. Na semana passada, em discurso na Assembléia Nacional Francesa, Fernando Henrique havia criticado posições unilaterais e indicado que elas contam com um grau similar de barbárie dos atentados terroristas. Hoje, na Casa Branca, Fernando Henrique disse que apresentou a Bush essas mesmas questões, mas "de uma outra maneira", acentuando a necessidade de fortalecimento das Nações Unidas.Fernando Henrique chegou à Casa Branca para o encontro com Bush às 10h30 e saiu às 11h23, quando falou com a imprensa. Ele não concederá entrevista coletiva à imprensa brasileira como estava previsto. Às 12h30, (15h30 hora de Brasília), Fernando Henrique dará duas entrevistas para a rede de televisão CNN, sendo uma em inglês e outra em espanhol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.