FHC e Banzer assinam hoje acordo sobre gás

O presidente Fernando Henrique Cardoso e o presidente da Bolívia, Hugo Banzer, desembarcam às 13h30 (horário de Brasília) nos campos de produção de gás natural da Petrobras, em Yacuiba, no Departamento de Tarija. A visita será marcada pela assinatura de uma declaração conjunta dos dois países que prevê a intensificação do comércio de gás natural e a construção de obras de infra-estrutura, como estradas para a ligação com o Brasil e de um pólo petroquímico na divisa entre os dois países. O documento será chamado de Declaração de Tarija e vai permitir a antecipação em um ano da exportação ao Brasil da cota máxima de 30 milhões de metros cúbicos diários de gás. Este volume estava programado apenas para o final de 2004. A produção de gás natural da Petrobras no campo San Alberto, em Yacuiba, foi iniciada em janeiro deste ano, com 4 milhões de metros cúbicos diários que são exportados ao Brasil por meio do gasoduto Brasil-Bolívia. Até o momento a Petrobras investiu US$ 200 milhões nesse campo. Para os próximos anos serão investidos mais US$ 450 milhões, com o objetivo de elevar a produção a 21,78 milhões de metros cúbicos diários, volume que será exportado ao Brasil em 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.