FHC diz que solução para problemas sociais pode levar vários mandatos

O presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou, na tarde desta quinta-feira, em solenidade no Palácio do Planalto relativa ao Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial, que a solução dos problemas sociais do País é um processo que leva tempo. "Não é tarefa para um dia só, nem às vezes sequer de um governo, ou mesmo de um, dois, três mandatos, quatro, cinco ou seis." Aparentemente respondendo aos comentários do representante das Nações Unidas, Jean Ziegler, sobre a fome no Brasil, o presidente reconheceu que há muitos problemas no País, mas rejeitou críticas que considera "radicais". "Não estou querendo dizer que as coisas estão resolvidas. Eu sei que nós podemos ver que há muitos problemas, mas eu acho que precisaria de má-fé para não aceitar, efetivamente, o que o governo pode dar de sinal de organização institucional e de sinal de que é preciso ir por certos caminhos, e o governo tem feito (isso). E é claro que nós temos de evitar, também, um certo tipo de radicalismo que sempre vê tudo errado, mas que não ajuda a construir o certo", afirmou o presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.