FHC diz que PIB pode cair um ponto porcentual

O presidente Fernando Henrique Cardoso admitiu, nesta quinta-feira à noite, no Jornal da Record, que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2001 poderá ser afetado em um ponto porcentual em virtude da crise do abastecimento de energia elétrica."Imaginava-se um crescimento de 4%, 4,5%", disse o presidente. "Mas a nossa obrigação, como governo, é fazer com que não se perca nada. É preciso força de vontade para vencermos mais este obstáculo, e vamos vencer", afirmou.Antes disso, ele ponderou que, "até agora, os cálculos ainda são precários" e disse que é preciso saber até onde vai a criatividade das empresas, ao desligarem a energia em unidades onde ela não é necessária, para formas alternativas de energia e o uso de co-geração.Mas manifestou a esperança de que, "com empenho, seja possível manter um crescimento significativo do PIB".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.