FHC diz que País estará livre de aftosa em 2002

O presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou hoje em São Paulo que o Brasil tem condições de erradicar a febre aftosa até o final de 2002. A previsão inicial, segundo ele, era de que o País conseguiria acabar com as ocorrências doença apenas em 2005. "É possível o Brasil estar livre da aftosa mais cedo, até o final do meu mandato em 2002", disse o presidente durante cerimônia de encerramento da 12ª Reunião Interamericana de Ministros da Saúde e da Agricultura.Fernando Henrique disse ainda que o País tem feito enorme esforço para erradicar a doença e que 60% do rebanho da América do Sul está em áreas livres de focos de aftosa."O combate à doença é um esforço aguerrido das autoridades e deve ser também da iniciativa privada", disse. O presidente garantiu que a sanidade do rebanho não só do Brasil mas também dos países vizinhos é essencial. "Estamos atentos não para as ´vacas loucas´ porque não as temos, mas sim para a loucura das vacas", improvisou o presidente em referência ao boicote feito pelo Canadá à carne brasileira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.