FHC diz que apóia Serra mas não subirá em palanque

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso acha que não deve participar do dia-a-dia do candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra. "Como ex-presidente acho que não devo participar. Isso não ajuda a ele, nem a ninguém", afirmou Fernando Henrique, que recebeu hoje, no Instituto Fernando Henrique Cardoso (IFHC), o novo embaixador dos Estados Unidos no Brasil, John Danilovich.Fernando Henrique disse que, evidentemente, apóia Serra na disputa paulistana. Para ele, o candidato do PSDB é excelente e tem todas as chances de ganhar o pleito. Ainda assim, o ex-presidente disse que não pretende subir no palanque com Serra. "Eu não fazia isso nem quando era presidente do Brasil", afirmou.O ex-presidente descartou que o resultado das eleições municipais em São Paulo será uma prévia das eleições presidenciais em 2006. Ele lembrou que, em 1996, o candidato Serra perdeu a disputa na capital paulista, mas ele foi reeleito em 1998 já no primeiro turno. "Evidentemente, é melhor ganhar sempre. Mas as eleições presidenciais só começarão a ficar mais definidas no ano que vem", avaliou.A recepção do embaixador Danilovich no IFHC aconteceu na mesma hora em que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) entregava 250 viaturas policiais no Anhangabaú, bem em frente das janelas principais do instituto, que fica na rua Formosa, centro velho de São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.