FHC diz em Brasília que PT tem de abraçar ajuste fiscal

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, ao chegar nesta terça-feira à noite ao Espaço Porto Vitória, em Brasília, para seu primeiro compromisso político na capital desde que deixou o cargo. FHC afirmou que "a economia está melhorando" e disse achar "bom que o PT abrace o ajuste fiscal". A um repórter que lhe perguntou se as boas condições da economia são a causa da popularidade do presidente Lula, Fernando Henrique respondeu: "Isso ajuda, mas há outros fatores também." Não explicou a que outros fatores se referia.Na conversa com os jornalistas, antes de entrar para o encontro, Fernando Henrique repetiu várias vezes que o PT está executando a mesma política econômica do PSDB. "Eles deram continuidade à minha política econômica, mas há coisas que eles acabaram e não criaram nada no lugar, como, por exemplo, na área social". Também nesse caso, o ex-presidente não especificou a que "coisas" da área social estava se referindo.Ele foi muito aplaudido ao entrar no salão para um encontro com 871 prefeitos recém-eleitos pelo seu partido. Um tucano, ao avistá-lo, gritou uma frase dita recentemente pelo ex-presidente em relação a Lula: "O rei está nu!" Do encontro com os prefeitos, participaram também o governador de São Paulo e o prefeito eleito da capital paulista, José Serra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.