FHC destaca vacinação de idosos contra gripe

O presidente Fernando Henrique Cardoso destacou hoje em seu programa semanal de rádio "Palavra do Presidente" a campanha de vacinação de idosos contra a gripe. "A gripe, que parece uma doença inofensiva, a partir dos 60 anos pode provocar sérias complicações, como a pneumonia, por exemplo", alertou o presidente. Esta é a quarta campanha de mobilização que o governo está fazendo para imunizar contra gripe. Segundo Fernando Henrique, a procura pela vacinação tem contribuído para a queda das internações de idosos. No ano passado, segundo dados do governo, foram vacinados 10 milhões e 800 mil idosos em todo o País, o que representa mais de 82% da população com mais de 60 anos. "Vamos tentar vacinar mais gente agora", ressaltou o presidente. Ele recomendou também a vacinação contra tétano e difteria. Essas vacinas também estão à disposição nos postos de saúde. Os idosos hospitalizados ou internados em casas geriátricas ou asilos serão vacinados por equipes volantes, contra gripe e também contra pneumonia bacteriana. Preocupado com o número crescente de idosos no País, o governo, segundo o presidente, está criando uma rede de assistência de saúde especializada para o idoso. A rede prevê recursos para a manutenção de hospitais-dia geriátricos, atendimento na casa do paciente e a distribuição de medicamentos para quem sofre do Mal de Alzheimer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.